Paulo Betti

por Teté Ribeiro

Você pensa que conhece Paulo Betti de suas inúmeras aparições na televisão, seja como ator (A Próxima Vítima, O Clone, Tieta, Os Maias, dentre dezenas de trabalhos), seja como apresentador (no Canal Brasil, aos domingos, entrevistando atores jovens).


Ou do cinema, onde estrelou uma série de filmes importantes (Mauá: o Imperador e o Rei, Oriundi, O Toque do Oboé, Guerra de Canudos, Ed Mort, Lamarca), e onde passou à direção em 2005 (Cafundó).


Ou ainda do teatro, onde começou e deixou sua marca, seja como diretor (em montagem marcante de Feliz Ano Velho, ou fazendo parte do antológico grupo Pessoal do Victor, além de inúmeras montagens.


Mas é preciso ler este livro para conhecer melhor uma outra face desse artista inquieto, cidadão participante e de um talento inato, que teve um começo difícil, mas construiu uma carreira brilhante.


Um livro-depoimento que foi feito com muita sinceridade e entusiasmo, por ele e sua amiga, a jornalista Teté Ribeiro, para a Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo




Leia!

o livro na íntegra

clique

Baixe!

o livro nos formatos:

PDF

txt

  • 14-10-12 - Ronaldo Walmir

    Paulo Betti , defensor da pseudo esquerda , deu apoio recentemento ao cafajeste do Zé Dirceu.