Maurice Capovilla

por Carlos Alberto Mattos

Este livro conta uma das mais peculiares carreiras do audiovisual brasileiro. Guiado pelo crítico Carlos Alberto Mattos (que escreveu também, para a Coleção Aplauso, as biografias de Carla Camurati e de Jorge Bodanzky), Maurice Capovilla rememora, passo a passo, da infância até a plena maturidade, o contínuo exercício nos vários ramos da criação: o cinema, a televisão e as escolas voltadas para essas atividades.


Num trajeto de mais de 40 anos, ele realizou documentários (o curta Subterrâneos do Futebol, de 1965 foi incluído no longa Brasil Verdade, de 1968), programas musicais, telenovelas, telefilmes (áreas em que foi pioneiro no Brasil), minisséries, institucionais, etc.


Colaborou em filmes de amigos, ajudou a criar TVs comunitárias e orientou uma infinidade de jovens nos misteres de uma arte sempre crítica, reflexiva e focada no povo brasileiro. Naturalmente, fez filmes de ficção, como Bebel, garota propaganda, baseado no livro de Ignácio de Loyola Brandão; o polêmico O Profeta da fome, com José Mojica Marins no papel central; dirigiu episódio de Vozes do medo, aceitou o trabalho de enconmenda para Noites de iemanjá, com Joanna Fomm, e fez sucesso com Guarnieri e Lima Duarte em O Jogo da Vida.


Esta é mais uma realização da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São paulo, no saeu trabalho de resgate e preservação de nossa memória cultural.




Leia!

o livro na íntegra

clique

Baixe!

o livro nos formatos:

PDF

txt

  • Seja o primeiro a comentar esse livro!